Fidelidade.

A minha amante mais fiel é aquela que nunca tive, que nunca possuí. Ela me mantém aceso, interessado e viril. Ela se mantém à uma distância razoável, mostrando a pantorrilha sem chegar aos joelhos, mostrando os lábios sem mexer a língua. Ela me mostra que é só minha, mesmo sem se dar para mim. Ela me mantém fiel a mim mesmo, e é isso, no fundo, que me faz querê-la.