Minha falta de ambição.

Você já deveria saber da minha falta de ambição. Aliás, me admira muito essa sua frase. Você já deveria saber que eu teimo em esquecer que existem outros, que eu criei um mundo só meu onde eu convido umas pessoas perdidas para me apreciarem. Uma piada interna que só eu acho graça mas que muitos riem. Eu acho que é uma questão de identidade, ás vezes. Acho que eu atraio perdidos pois eu mesmo não sei onde estou. Ou mesmo para onde vou. Eu te disse várias vezes que não queria falar sobre isso, mas você me provocou – então vamos lá. Não quero, não gosto. Obrigado mas não quero me submeter à escolha, à competição. Não é uma questão de orgulho, não mesmo. Não tenho medo de perder. Acho que o que eu temo é ganhar.