Se tudo fosse como Dante’s

Eu sinto vergonha por escrever coisas que precisam ser decifradas. A Divina Comédia não veio com notas de pé de página.  Odeio viver em busca do belo, do justo e do amor – e odeio ainda mais ser taxado de sofista. Presto atenção em tudo mas ninguém presta atenção no que eu digo. Sei que isso tem uma carga de rancor, mas digo isso com o peito aberto. O peito aberto por uma ferida que ela me deixou.