Sobre o mercado.

Enquanto outras tentavam falar o inglês comigo, você me disse oi em holandês. Meus truques, embustes e trapaças não me serviram muito bem – o dinheiro vem e vai fácil. Mas aprendi bastante, e te digo, é difícil alguém me impressionar. Pois o segredo de todo negócio é se diferenciar, se destacar. Ainda que no meu ramo, isso pode significar outra coisa. Ninguém me viu, ninguém me encontrou. Nunca viram meu rosto, a polícia nem mesmo tem fotos minhas disfarçado. Ninguém sabe se eu sou careca, alto, negro, mulher ou asiático. Eis que você me chama a atenção. Todas de scarpin, você de meias curtas brancas. Todas alisaram o cabelo, você o deixou ondulado. Todas vieram com muita sede ao pote, você veio de mansinho, meio tímida. Pois bem, eu não sei qual o seu negócio, mas você é muito boa nisso, e portanto não serve para mim.