Well what could peace of mind be like…?

Quando tento dormir, não penso nas pessoas que eu matei, admito. Não consigo fechar os olhos sem sofrer por antecipação, sem me perguntar o que vai acontecer comigo, quando esse pesadelo vai acabar. Eu rolo numa cama gigante pensando no que vai ser de mim quando eu tiver que sumir, que fugir dessa vida assustadora. Rolo, tento dormir, rolo outra vez. E a única coisa que eu nunca me arrependi na vida foi aquela noite, que me deu tanta felicidade, mas que ao mesmo tempo arruinou toda e qualquer chance d’eu sentir orgulho de mim mesmo.